Reflexão do dia 15 de novembro
MANUTENÇÃO VITAL
Clique para ver a reflexão na íntegra
Clique aqui para ingressar no aabr

A.A. é uma sociedade religiosa, ou um Movimento de Temperança?

A.A. é uma sociedade religiosa?

Não, A.A. não é uma sociedade religiosa, pois não impõe nenhuma crença religiosa definida como condição para ser membro. Embora aprovada e apoiada por muitos líderes religiosos, não é ligada a nenhuma organização ou seita. Entre seus membros encontram-se católicos, protestantes, judeus, membros de outras religiões, agnósticos e ateus.

O programa de recuperação de A.A. baseia-se inegavelmente na aceitação de certos valores espirituais. Cada membro pode interpretar à sua vontade esses valores ou até mesmo nem lhes dar importância se assim o desejar.

A maioria dos membros, antes mesmo de procurar A.A. já havia admitido que não podia controlar-se com relação à bebida.

O álcool havia se tornado um poder superior a ela, tendo sido aceito nesses termos. A.A. sugere que, para alcançar e manter a sobriedade, o alcoólico precisa aceitar e confiar em outro Poder, que reconhece ser superior a ele mesmo. Alguns alcoólicos consideram que o próprio Grupo de A.A. é o Poder superior a eles mesmos; para muitos outros esse poder é Deus - na forma que O concebe.

Todavia, há ainda outros que contam com conceitos inteiramente diferentes de um Poder Superior.

Alguns alcoólicos, quando procuram A.A., mostram claras reservas quanto à aceitação de qualquer conceito de um Poder Superior a si mesmo. A experiência mostra que, se mantiverem uma mente aberta sobre o assunto e continuarem assistindo às reuniões de A.A., provavelmente não terão grandes dificuldades em chegar a uma solução aceitável para esse problema decididamente pessoal.

A.A. é um movimento de temperança?

Não. A.A. não tem ligação alguma com os movimentos de temperança. A.A. "não apóia nem combate quaisquer causas". Essa frase, do resumo amplamente aceito dos objetivos da Irmandade, naturalmente se aplica à questão dos chamados movimentos de temperança. O alcoólico que alcançou a sobriedade e está tentando seguir o programa de recuperação de A.A. tem uma atitude a respeito do álcool que poderia assemelhar-se à atitude do diabético com relação aos doces.

Embora muitos membros de A.A. reconheçam que o álcool poderá não fazer mal para algumas pessoas, sabem que para eles é um veneno. O membro típico de A.A. não deseja privar ninguém de algo que, usando bem, possa ser uma fonte de prazer. Ele simplesmente reconhece que, pessoalmente, é incapaz de controlar a bebida alcoólica.

Alcoólicos Anônimos do Brasil - Todos os direitos reservados 2019