Reflexão do dia 22 de setembro
UM "FILÃO INESGOTÁAVEL".
Clique para ver a reflexão na íntegra
Clique aqui para ingressar no aabr

Não se permite nem cerveja a um membro de A.A."

Naturalmente, em A. A. nada se impõe e ninguém fiscaliza os membros para determinar se estão ou não bebendo. A resposta a essa pergunta é que, se uma pessoa for alcoólica, não pode arriscar-se a tomar álcool sob qualquer forma.

Álcool é sempre álcool, esteja num Martini, num uísque com soda, num copo de champanhe ou num "chopezinho". Para o alcoólico, uma dose de bebida alcoólica sob qualquer forma, com toda a probabilidade será demais, e vinte doses não bastarão.

Para assegurar sua sobriedade, o alcoólico simplesmente precisa manter-se afastado do álcool, seja qual for a quantidade, a mistura ou o grau de concentração que pense poder controlar.

Obviamente, poucas pessoas se embebedarão com meia ou uma garrafa de cerveja. O alcoólico sabe disso como qualquer um. Poderá até se convencer de que somente irá tomar duas ou três cervejas e parar por aí. Às vezes, poderá até seguir esse programa por vários dias ou algumas semanas.

Porém, mais cedo ou mais tarde decidirá que, já que está bebendo, mais vale "beber mesmo". Assim, aumenta seu consumo de cerveja ou vinho, ou passa para a bebida forte.

E, antes de se dar conta, volta de novo ao ponto de partida.

Alcoólicos Anônimos do Brasil - Todos os direitos reservados 2019